Saiba qual é a hora de contratar uma maquininha de cartão - PassePag

Saiba qual é a hora de contratar uma maquininha de cartão





Já pensou em ter uma máquina de cartão para receber os pagamentos e ainda aumentar suas vendas? Oferecer essa facilidade aos clientes pode ser um diferencial, garantindo o sucesso do seu negócio. Hoje mais de 70% dos brasileiros fazem suas compras pagando no cartão de crédito.

Quer saber se vale a pena contratar uma maquininha de cartão para o seu empreendimento? Oferecer mais de uma opção como forma de pagamento para o cliente contribui decisivamente para o faturamento. Você já pensou nisso? Confira nossas dicas para ajudar você a fazer a escolha certa.

Vale a pena ter máquina de cartão de crédito e débito?

Antes de contratar uma maquininha de cartão, é importante que você analise bem a situação do seu negócio para ter certeza que ela será vantajosa para você.
Um fator que deve ser levado em consideração é se muitos clientes têm reclamado que sua loja não aceita cartões. Se este for o caso, e você tem perdido muitas vendas, talvez seja a hora de contratar uma maquininha de cartão.

Autônomos e MEI: maquininha móvel é opção mais completa

Para não ter que lidar com taxa de aluguel, nem se preocupar em ter um celular compatível com o leitor de cartão, uma maquininha sem celular é uma opção mais vantajosa, em comparação com as máquinas tradicionais.
Elas aceitam as principais bandeiras e oferecem opções de pagamento semelhantes às da máquina convencional: crédito, débito e parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Menos burocracia

Todo o cadastro pode ser feito online e, em muitos casos, não necessita de conta bancária, poupando o tempo de deslocamento até uma agência e gastos com cópias e documentos. As taxas e custos são bastante transparentes e podem ser calculados online, através do simulador de taxas.

Não há necessidade de pessoa jurídica

Muitos microempreendedores e autônomos ainda passam por dificuldades para solicitar uma máquina de cartão tradicional, por conta da falta de informações, altos custos e burocracia envolvida. As maquininhas móveis podem ser solicitadas por pessoa física, desde que sua área de atuação seja compatível com pagamentos com cartões.

Como fazer a melhor escolha?

Para fazer a escolha mais adequada para seu empreendimento, não leve em consideração apenas o preço, mas também a qualidade do serviço prestado, a tecnologia usada e a acessibilidade do serviço para seus clientes. Não esqueça de conferir se a máquina escolhida aceita os cartões que seus clientes costumam usar para fazer pagamentos, por exemplo.

Conheça a Passemais

Pequena, completa e perfeita para autônomos e MEI. A Passemais dispensa o uso do celular por ter chip próprio e pacote de dados incluso. Seus únicos gastos serão a taxa sobre as vendas e a aquisição do aparelho. Sem mensalidades, taxa de adesão ou outros custos fixos. Conheça a maquininha da Passepag que vai alavancar as suas vendas!

 


Últimas Notícias

  • 5 dicas para aumentar o faturamento do seu bar

    5 dicas para aumentar o faturamento do seu bar

    Quer aumentar o faturamento do seu bar? Confira 5 dicas da Passepag para ajudá-lo a crescer de forma estratégica.

    Leia mais
  • 5 habilidades que todo empreendedor precisa dominar

    5 habilidades que todo empreendedor precisa dominar

    Quer começar 2019 de uma forma diferente e montar o seu próprio negócio? Fazer a gestão de uma empresa, independentemente do seu tamanho, setor ou forma de atuação, necessita de algumas competências específicas. Para ajudar você a estabelecer bem seus objetivos, listamos 5 habilidades fundamentais que um empreendedor precisa ter. Confira!

    Leia mais
  • Dicas Passepag: faça o seu restaurante vender mais

    Dicas Passepag: faça o seu restaurante vender mais

    Você cuida do orçamento do seu restaurante? Descubra as melhores maneiras de planejar as vendas e fazer o seu restaurante lucrar ainda mais no post que preparamos em nosso blog!

    Leia mais
© 2018 - Fontes Seguros - Uma empresa do Grupo Fontes, pertencente a J&A Holding.